20 anos em Rondônia

Publicado: 20/04/2009 em cidadania

No dia do índio, 19 de abril de 2009, completou 20 anos que cheguei em Rondônia. No aeroporto, em 1989, a poeira levantava, as ruas com pouco asfalto, avenida Nações Unidas, por exemplo, tomada por “dragueiros” e a “muvuca” da corrida do ouro, comércio aquecido e muitas lojas de compra do metal precioso.

Pensei, meu Deus, onde vim parar! Mas fui percebendo que o espírito acolhedor do povo de Porto Velho me faria ficar por aqui . Como diz o ditado “bebi água do Madeira” e aqui constitui minha família e permaneço. Deixei a Santa e bela Catarina, terra de gente acolhedora, que nos últimos anos tem recebido não apenas visitas de tornados e enchentes, mas de pessoas do todo o mundo.

Sou rondoniano por adoção. Embora não seja daqui, também exijo respeito!

e.t. dragueiros = donos de dragas para extração de ouro do Madeira.

Anúncios

Obrigado pelo seu acesso e comentário! Divulgue aos seus amigos. Nosso Twitter @_celsogomes_

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s