Artigo: Jornalista é igual a cozinheiro

Publicado: 24/06/2009 em cidadania

Pra quem é jornalista, só lamento!!

O STF acabou de derrubar a necessidade de diploma para o exercício do jornalismo.Pior do que ter 4 anos de estudo em vão, é ser comparado a um cozinheiro, como fez o ministro Gilmar Mendes. O site do uol colocou uma matéria sobre o assunto antes do ministro Celso de Mello proferir seu voto, mas adianto que ele ainda fez pior, comparou a profissão de jornalista à de manicure, pedicure e cabelereiro!!

Só mesmo o ministro Marco Aurélio (mais uma vez voto vencido) expressou apoio aos jornalistas diplomados e ao milhares de estudantes matriculados em cursos de jornalismo nas universidades brasileiras.

O mais interessante é que a Corte alegou que os danos causados a terceiros por jornalistas não são inerentes à profissão de jornalista e não poderiam ser evitados com um diploma. Ora, quantos juizes (Nicolau dos Santos), médicos (Jorge Farah), engenheiros (Sérgio Naia), advogados (tenho uns mil vagabundos na cabeça) causaram e causam danos à sociedade mesmo sendo diplomados? O diploma evitou algum desvio moral e ético dessas pessoas?

Como o exercício do jornalismo não causa danos à sociedade?Ninguém se lembra do caso da Escola Base? O maior caso de erro jornalístico do Brasil. Vidas foram destruídas. A família dona da escola, além de ter perdido todos os seus bens, não conseguiu arranjar sequer um emprego até hoje. Leia mais…

Autor: Marcus Bennett

Anúncios

Obrigado pelo seu acesso e comentário! Divulgue aos seus amigos. Nosso Twitter @_celsogomes_

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s