“Fichas sujas” legitimados pelo cidadão eleitor, serão empossados na terça-feira

Publicado: 30/01/2011 em cidadania, política
Tags:, , ,

As vezes perguntamos se são  justas ou injustas certas decisões judiciais no Brasil.

A diferença entre o lícito e ilícito, o honesto e o desonesto, entre a liberdade e a prisão, está nas mãos dos próprios homens que estudaram, graduaram e se especializaram para promover exatamente a Justiça e a  Cidadania. Onde há a participação do cidadão?

São os promotores, juízes e ministros de tribunais que têm a missão de fazer cumprir as leis e os advogados de encontrarem as dubiedades e falhas nas leis para defenderem os seus clientes, independente do crime e se cometeram ou não.

Quando falamos na esfera política ganha-se mais um personagem responsável, o cidadão eleitor.

A desinformação dos cidadãos ao exercerem seu sagrado direito de votar, tem refletido em prejuízos na representação política em todas as esferas de poder. Será que a obrigatoriedade do voto neste caso é saudável ou nocivo à sociedade?

Recentemente o debate em torno dos candidatos “Fichas Sujas” e “Fichas Limpas”, que a sociedade teve a oportunidade de acompanhar pelas mídias, a exemplo do caso do deputado federal reeleito por São Paulo, Paulo Maluf (PP) e em outros estados do país e até mesmo em Rondônia também persistem os embates jurídicos para serem empossados alguns deles.

A população escolhe de forma “democrática” seus representantes,  com isso tem uma grande parcela de responsabilidade sobre o que acontece em termos de má representação política. A prova disso que no passado recente quando as mídias nacional e regional divulgaram a lista dos deputados “Sanguessugas” a maioria deles não conseguiu se reeleger, um forte sinal de que o povo quando quer sabe mandar para a casa àqueles que legislam e trabalham em desfavor da sociedade.

Na próxima terça-feira(1º/02) serão empossados os 513 deputados e 1/3 dos 81  senadores, muitos deles estão com seus processos para serem apreciados pelos Tribunais Superiores após o recesso forense, que termina exatamente no dia seguinte à posse, dia 2 de fevereiro de 2011.

Portanto, candidatos que tiveram inicialmente seus registros indeferidos, serão empossados como se fichas limpas fossem.

Acreditamos nas instituições, mas também precisamos investir na conscientização do cidadão.

Anúncios
comentários
  1. Tati Sartori Bertelli disse:

    Ou amigo Celso, esta belíssimo o que escreveu, penso exatamente assim, e é isso mesmo, conscientizar a população, será que nunca irão aprender?? Como pode continuar votando nas velhas raposas, que nos roubaram, já fizeram tantas coisas pra piorar nossa vida, e ainda assim estão la! E pra piorar ainda, votam num palhaço(com todo respeito a classe) mas me diz o q ele pode oferecer de bom pra nosso Brasil, pra SP principalmente onde cada dia mais precisa de bons políticos por la!! Esse nosso Brasil precisa de educação em todos os sentidos, precisa começar entender de política também, ler mais, o gov tem que insentivar a leitura, começar pelos pais e dos pais aos filhos!! EDUCAÇAO e Informação é disso que o Beasileiro precisa!! Um abraço! =)

Obrigado pelo seu acesso e comentário! Divulgue aos seus amigos. Nosso Twitter @_celsogomes_

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s