Soluções saem das crises

Publicado: 17/03/2011 em Cidade, Justiça, política, reflexão, Rondônia
Tags:

Para quem achava que a chegada de 120 Haitianos em Rondônia seria um grande problema, já percebeu depois da crise da Usina Hidrelétrica de Jirau, com mais de 11 mil trabalhadores na rua sem lenço e com documentos, que a acolhida dos pobres Haitianos estava de bom tamanho.

Isso me fez lembrar daquela historinha da “vaca na sala”. Um cidadão reclamava muito porque sua  casa era pequena para abrigar sua mulher e os filhos, e em  meio a sua angústia e desconforto dizia que não poderia acolher seus parentes. Então foi ganhou uma vaca de presente, mas deveria todas as noites colocá-la na pequena sala. É possível imaginar o problema causado pelo animal. O cidadão, inconformado queixa-se para um velho conhecido, que o aconselhou a tirar a vaca da sala.  Imediatamente acolheu a sugestão, para a alegria da família e aquela casa que até então era muito pequenina, se tornou grande e confortável.

Por analogia vamos à realidade atual em Rondônia: uma crise instalada por motivos ainda não bem esclarecidos, faz 300 vândalos destruírem alojamentos, restaurante, agência bancária e cerca de 50 veículos no canteiro de obras da Usina de Jirau, em Porto Velho, isso tudo está servindo para refletirmos que independentemente do tamanho do problema, deveremos encontrar forças para superá-lo, com união, transparência, serenidade e competência. Os problemas do estado de Rondônia, não menos importante, como saúde, educação, segurança entre outros deverão ser superados com a mesma firmeza.

É possível imaginar solução rápida e “mágica” para atender as necessidades básicas dos cerca de 11 mil trabalhadores? A empresa responsável pela obra está contra o relógio para dar fim ao pesadelo de todos que não concorreram para o caos, mas estão na rua. Isso é prova de fogo para reflexão do governador Confúcio Moura que está a pouco mais de sessenta dias no comando do Estado de Rondônia e luta para acertar os primeiros passos.

Anúncios
comentários
  1. Nidi disse:

    Gostei da organização das ideias, das analogias e do fundo de esperança, a qual precisamos manter viva em todas as situações. E tomara mesmo que a saída seja rápida e melhor! Não é justo tantas famílias sofrerem inocentemente por causa de alguns insensatos.

Obrigado pelo seu acesso e comentário! Divulgue aos seus amigos. Nosso Twitter @_celsogomes_

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s