Bullying

Publicado: 12/09/2011 em cidadania, educação, reflexão
Tags:

O bullying é um desvio de comportamento que deve receber atenção da família e também da escola. É um termo inglês que traduz o que chamamos de ameaça, assédio, intimidação e provocações. Nos últimos tempos os debates sobre o tema tornaram mais recorrentes nas escolas e nas conversas entre professores.

A psicóloga e professora Maria Tereza Maldonado, autora de dezenas de livros, afirma que a campanha anti-bullying com o lema “Agressão não é diversão!” ajudou os alunos a se conscientizarem dos prejuízos causados pelos ataques agressivos entre eles. Durante uma entrevista concedida em Porto Velho, a psicóloga ressaltou que brincadeira é quando todos se divertem, do contrário caracteriza-se o bullying.

Uma de suas obras mais recentes intitulada “A Face Oculta” destaca a história do bullying e Ciberbullying. As vitimas estão além dos pátios, corredores das escolas e nas ruas, já estão nas redes de relacionamentos pela internet.

Porto Velho

Duas alunas de um dos colégios da região central de Porto Velho, revelaram que sofreram por serem gordinhas, ou “diferentes”, ao ponto dos colegas fazerem para uma delas, músicas estilo “rap” com letras ofensivas e de gosto duvidoso, o final terminou na delegacia de polícia e a estudante K.Z., com o apoio dos pais, mudou de colégio e hoje afirma estar muito feliz.

Os jovens ao sofrerem tais agressões devem levar imediatamente ao conhecimento da direção do colégio e aos pais para evitar depressão, queda de aproveitamento de conteúdo escolar e até mesmo outras consequências de saúde.

Os professores de um dos colégios da rede estadual do bairro Areal, afirmaram que a prática mais comum ainda é o apelido, isso gera intriga e desconforto, mas os professores e a direção das escolas devem ficar sempre atentos para evitar a prática.

Anúncios
comentários
  1. Myriam Queiroz disse:

    Minha filha sofreu bullying durante algum tempo em sua escola; precisou fazer acompanhamento psicológico; só depois de ter resgatada sua auto-estima, ela enfrentou o problema com coragem e determinação. Assim, o importante é não calar sobre o problema … quem pratica o bullying, as vezes, é aquele que mais precisa de ajuda!

Obrigado pelo seu acesso e comentário! Divulgue aos seus amigos. Nosso Twitter @_celsogomes_

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s