A Grama do Vizinho

Publicado: 13/09/2011 em reflexão

“(…)

Reparei um dia a grama do vizinho.

Era tão verde, mas tão verde que se a cor Verde tomasse Vida própria, e num surto metalinguístico fosse escolher uma coisa verde pra representar a si, escolheria a grama do vizinho…  Primeira reação; invejinha. Segunda reação; parar de ser hipócrita e aceitar que tava morrendo de inveja, ódio, raiva e dores de cotovelo lancinantes. Terceira reação; eu queria que o vizinho morresse, engasgado com a própria grama verdolenga imbecil dele. Ai, que Ódio! Aí, eu parei pra observar a fonte de meu desconforto, num dia frio, quando analogamente meu sangue havia esfriado um pouco – felizmente. A porra da grama era verde, sim. Mas estava SEMPRE verde. Durante a neve, quando minha grama queimava, e durante o sol, quando minha grama esturricava, a grama dele estava verde e NORMAL!

Peraí…

Contendo o impulso de queimar a grama do vizinho eu pulei a cerca, numa noite especial de insônia, e analisei a grama dele. ERA PLÁSTICO, AQUELA MER-DA!!!!  Morri de rir… Quase literalmente. Ri tanto, mas tanto que perdi as forças e acabei desmaiando, só acordando bem mais tarde, ainda no gramado do vizinho, levando uma jornalada na cara, pois o entregador passou, jogou o jornal e nem me viu deitado.

Tive dó do meu vizinho… Voltei pro meu quintal, deitei no meu gramado e rolei como um cão ensandecido num dia de muita coceira e pouca coisa pra se correr atrás. Minha mulher me viu e começou a rir, sentada perto do batente da porta, meu cachorro me olhava com um tom de reprovação próprio dos labradores. Como eu amava minha grama.

Minha grama era de ver-da-de. Tinha tons de amarelo por causa das queimaduras e folhas mortas, mas era predominantemente verde, e era de ver-da-de… Só a minha grama era capaz de absorver água da chuva, só meu gramado podia verdadeiramente guardar orvalho… (…)”

(Fonte: http://domusdraconis.net/ )

Moral da história: Nem tudo que parece é!

Anúncios

Obrigado pelo seu acesso e comentário! Divulgue aos seus amigos. Nosso Twitter @_celsogomes_

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s