Coluna: Alagações sem olhar para trás e sinais de crise institucional em Brasília

Publicado: 04/01/2013 em política

cONGRESSO X stfO novo prefeito  enfrenta as alagações

Começo de mandato é sempre revestido de confiança e de expectativas, especialmente quando não se guarda boas lembranças do mandatário anterior, que é o caso do município de Porto Velho, capital rondoniense.

Primeiros dias à frente da prefeitura o médico e ex-deputado federal  Mauro Nazif já teve que ir in loco nos bairros para ter a absoluta certeza que a cidade está encharcada e terá muito trabalho pela frente para sanear a questão dos alagamentos que virou cartão postal de Porto Velho.

Sem olhar para trás

No mínimo estranha a recomendação do nobre prefeito de Porto Velho, aos seus secretariados para que não critiquem e olhem para frente, quando do mais simples gari, pipoqueiro da escola até a autoridade máxima do Estado sabe que a gestão que se encerrou no dia 31 de dezembro de 2012 deverá ter muito mais do que se sabe para explicar à opinião pública e aos órgãos de controle

Sinais de crise entre Câmara Federal e STF

Com a posse do deputado José Genoíno na Câmara Federal, mesmo depois de ter sido condenado à prisão pela Suprema Corte brasileira, a relação entre o Judiciário e o Legislativo pode não ficar harmônica na medida em que a Constituição Federal preconiza. É o que indica o favorito à presidente da Câmara Federal em sua entrevista.

Anúncios

Obrigado pelo seu acesso e comentário! Divulgue aos seus amigos. Nosso Twitter @_celsogomes_

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s