Fianças e indenizações com valores nada educativos

Publicado: 31/01/2014 em cidadania, Justiça

UM DIA LONGO

O meu dia começou ainda de madrugada, com notícias tristes e felizes ao mesmo tempo. Um cidadão comprovadamente alcoolizado cruza uma via preferencial em Porto Velho e simplesmente destrói o meu carro, graças ao Pai do Céu, nada de mal aconteceu com meu filho que conduzia o veículo. Acidentes acontecem, mas a sorte esteve e está do nosso lado e nada de ruim aconteceu, apenas danos materiais o que é passível de solução. O que mais me impressionou é que a pessoa em estado de embriaguez,  foi conduzida à Central de Polícia, pagou uma rica fiança de 1 (um) salário Mínimo e foi embora, além da apreensão do carro dele.

O valor da fiança me fez lembrar os das indenizações aplicados aos Bancos e operadoras de celulares pelo o Judiciário, assim fica muito longe do “PEDAGÓGICO” e pertinho da REINCIDÊNCIA. Quer dar exemplo para as pessoas pensarem melhor antes de dirigir alcoolizadas e às empresas que lesam consumidores tenham mais respeito aos cidadãos? Então o Judiciário e quem de direito, devem repensar esses valores pecuniários.

A preocupação de alguns magistrados é com a caracterização de enriquecimento com valores de indenizações que pessoas poderão receber, mas por outro lado deveriam mesmo é refletirem sobre os milhões de brasileiros que ainda deverão ser lesados, constrangidos, mortos ou até mesmo com sequelas, e reverem suas posições. Ou de que lado estão?

Segundo informações do setor que acompanha as ocorrências da Polícia, somente ontem (quinta-feira dia 30.1.2014) foram mais de 15 prisões por embriaguez no trânsito em Porto Velho. Acreditem se quiser.

Depois volto para falar mais sobre as multas e indenizações que não são nada pedagógicas no Brasil.

31.01.2014

#émoleouquermais #LeiSeca #IndenizaçoesVil

Anúncios
comentários
  1. É infelizmente, não dão a devida importância ao que realmente é importante. Pois o que adianta investir milhões para aumentar a capacidade do sistema penitenciário, se no momento em que é aceito o pagamento da fiança, estão incentivando a reincidência. Não se preocupando com possíveis danos que possam vir causar novamente à sociedade.
    Sabe-se, que a prisão provisória é responsável pela super lotação nas penitenciárias, porém, a FIANÇA é a maior responsável pela reincidência.

Obrigado pelo seu acesso e comentário! Divulgue aos seus amigos. Nosso Twitter @_celsogomes_

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s