Chapa 2, de oposição, apresenta suas propostas para o Sinjor

Publicado: 08/04/2009 em cidadania

Há dois anos os jornalistas de Rondônia vêem seus salários achatados, pois estão sem qualquer reajuste. Neste período não houve correção das perdas inflacionárias, nem tampouco qualquer tipo de aumento real. Como se não bastasse, muitos jornalistas ainda convivem com atrasos nos pagamentos ou remunerações inferiores ao piso salarial estabelecido pelo último acordo coletivo. A defesa da justa remuneração aos trabalhadores e melhoria das condições de trabalho são as principais bandeiras de luta de qualquer sindicato, mas o atual direcionamento do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Rondônia (Sinjor) abandonou estes princípios e tem tratado com descaso a categoria que representa.
O dia 24 de abril determinará qual o caminho que o Sinjor tomará nos próximos três anos. Nesta data os jornalistas de Rondônia irão às urnas para escolher a nova diretoria de seu sindicato. A escolha está entre o continuísmo e a mudança. A chapa 2, de oposição, pautou suas propostas por estabelecer novos rumos para o sindicato. Com a marca de “Renovação e Transparência”, os integrantes da Chapa 2 pretendem dar novo ânimo às lutas sindicais e tornar a entidade mais participativa e democrática.
Veja abaixo as propostas da Chapa 2 para o Sinjor:
· Reajuste e fiscalização do pagamento do piso salarial
· Gestão participativa e decisões colegiadas
· Cursos de aperfeiçoamento para jornalistas
· Regularização profissional dos jornalistas provisionados do interior
· Apoio aos jornalistas universitários para obtenção do diploma do curso de Jornalismo
· Reorganização administrativa (filiados, prestação e publicação de contas)
· Anistia parcial e renegociação de débitos, novas modalidades de pagamento de mensalidades
· Concursos públicos para jornalistas nas esferas municipais e estaduais
· Autonomia administrativa das vice-presidências do interior
· Integração entre os jornalistas, campanhas de sindicalização e estruturação da sede do sindicato
· Fortalecimento do prêmio Sinjor de Jornalismo
· Formulação de tabela de freelancer que seja discutida pela categoria e com base na realidade local
· Fiscalização junto a órgãos públicos e empresas para coibir o exercício ilegal da profissão
· Convênios e parcerias com empresas e instituições que tragam benefícios à categoria.
Anúncios

Obrigado pelo seu acesso e comentário! Divulgue aos seus amigos. Nosso Twitter @_celsogomes_

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s